STJ repudia brutal assassinato da juíza Patrícia Acioli
em 17 de agosto de 2011

Por iniciativa conjunta dos ministros Arnaldo Esteves Lima e Luis Felipe Salomão, o Superior Tribunal de Justiça (STJ), na sessão da Corte Especial desta quarta-feira (17), manifestou sua repulsa ao brutal assassinato da juíza titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo (RJ), Patrícia Lourival Acioli, ocorrido na semana passada.

“Foi um ato que surpreendeu a todos, especialmente ao Judiciário, uma vez que ela estava no exercício de suas funções. Isso foi um atentando ao próprio Poder Judiciário. E eu gostaria de fazer essa manifestação de solidariedade à família e repulsa ao que ocorreu”, disse o ministro Arnaldo Esteves Lima.

O presidente do Tribunal, ministro Ari Pargendler, afirmou que o pronunciamento traduz o sentimento do STJ. “Daremos ampla publicidade à solidariedade do Tribunal à justiça do Rio de Janeiro e, especialmente, aos familiares da juíza”, destacou o ministro Pargendler.

Fonte: STJ – Superior Tribunal de Justiça

Recentes

Negada indenização a professor por críticas nas redes sociais

Negada indenização a professor por críticas nas redes sociais

A 7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão de primeiro grau e negou pedido de indenização por danos morais proposto por um professor. O autor afirmava que proferiu palestra sobre “Reforma da Previdência” para alunos, realizada em praça pública. Ele alegou que, após o evento, comentários de quatro pessoas nas redes sociais teriam ofendido sua honra, pois escreveram que ele seria “doutrinador” e que teria arrastado os adolescentes para o evento na praça, tirando-os da sala de aula. O professor pedia R$ 95.400 por danos morais, além de retratação.

Ataque de cão em via pública gera dever de indenizar

Ataque de cão em via pública gera dever de indenizar

A juíza titular do 2º Juizado Especial Cível de Brasília determinou que os donos de um pitbull que atacou uma mulher em quadra da Asa Sul, paguem indenização por danos morais à vítima. O fato, no entendimento da magistrada, ocorreu por negligência com o animal.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte está aqui para responder às suas perguntas. Como podemos auxiliá-lo?
👋 Olá, em que posso ajudar?